Os Quadros e a sua importância na decoração de interiores

Fotografias, estampas ou pinturas dão vida às suas paredes. Mas, para que os quadros brilhe, escolhe boas molduras e estude o melhor modo de as pendurar.

Se tem pinturas do mesmo autor, ou quadros do mesmo movimento artístico, junte-os todos num espaço. Conseguirá um efeito de unidade.

Dicas para Decorar com Quadros

Jogo de Equilíbrio

Um quadro é sempre uma boa opção para colocar na parede por cima de uma lareira. A simetria dos objectos que ladeiam o quadro contrasta com as figuras geométricas a pintura. Escolha uma moldura que combine com o tom da parede.

Misture Pormenores

Pode juntar, na mesma parede, pequenos quadros, com ou sem moldura. As desalinhá-los, faz com que o ambiente fique descontraído. Demarque espaços, aproximando obras semelhantes, como as telas sem moldura.

Clássico e Moderno

Os estilos podem ser misturados e o resultado pode ser surpreendente. Peças de mobiliário de estilo tradicional contrastam, de uma forma feliz com os quadros colocados estrategicamente na parede que apela a um certo neo-surrealismo, bastante colorido.

Retratos de Família

Personalize um dos recantos da casa com retratos de família, desenhados a carvão ou com outro material. Crie alguma unidade dispondo os quadros na vertical, começando pelo de maiores dimensões e finalizando com o mais pequeno. Para quebrar a monotonia, deixe alguns quadros sem moldura. Desta maneira todas as atenções recairão sobre o conjunto.

Centro das Atenções

Um quadro de grandes dimensões, a acompanhar a largura do sofá, é uma boa alternativa para a sala de estar. Escolha bem o quadro, pois este será o centro das atenções. A mesa de centro rectangular completa o jogo de elementos: quadro, sofá e mesa.

Colecção Emoldurada

O ponto cruz é uma técnica antiga, mas que continua a ser bem-vinda nas casas portuguesas. Desenhos tradicionais combinam com molduras douradas, de vários tamanhos.

Gostaram das nossas ideias???

Advertisement
Bianca Cavalcanti

Profissional graduada em Arquitetura e Urbanismo, pós-graduada em Design de Interiores com experiência em desenvolvimento de projetos arquitetônicos, de acessibilidade, paisagísticos e acompanhamento na elaboração de projetos de interiores e no detalhamento e especificação de materiais.